-e


Anuncios inmobiliarios, tendencias en tecnología y mucho más en un solo lugar

Nuestro portal está destinado a anuncios del sector inmobiliario. Te damos la opción de conseguir propiedades dentro de los 1.122 portales que forman parte de la Alianza Inmobiliaria Internacional.

También brindamos información importante sobre tendencias tecnológicas. Le mostramos las aplicaciones móviles que han surgido en torno a este mercado. Además de las dirigidas a pagos de servicios del hogar.

Aquí conoceremos sobre el servicio de reformas integrales para mejorar esa propiedad que tanto sueñas. Así mismo te explicamos cómo alquilar autocaravanas para realizar viajes cómodos en familia.

Además te enseñamos cómo mejoramos el marketing para posicionar la marca en Google. Esta opción ayuda a que las propiedades sean encontradas por más personas.

.

¿Qué se espera del sector inmobiliario este 2019?

.

El sector inmobiliario se presenta como dinámico e imprescindible por sus mecánicas de funcionamiento. Este mercado tiene como objetivo estabilizar y mejorar de manera constante.

La consolidación del sector fue lo que más resaltó en el 2018 y este 2019 los promotores prevén que sea de madurez. Además, aseguran que habrá una moderación y estabilización de precios.

Actores afirman que el principal indicador de este mercado será el precio de las casas. Así mismo señalan que este parámetro seguirá en alza pero de forma moderada.

.

¿Qué se espera del sector inmobiliario este 2019?

.

.

En España se espera que las grandes ciudades y zonas de costa sean las de mayor movimiento. Para el 2018 los precios de las viviendas sumaron su quinto año de crecimiento.

Expertos señalan que la cantidad de viviendas vendidas en este año será mayor que el 2018. Las mejoras de empleo, financieras y confianza en el mercado dan impulso a la compra de viviendas.

.

Compraventa

Son muchos son los que apuestan a la compraventa de inmuebles. Esta opción arrojó buenas cifras el año pasado, la mayoría en viviendas usadas.

Esto da paso a las reformas del hogar antes de ser lanzado al mercado para su venta. La reparación de una vivienda es la opción preferida por aquellos que compran para invertir.

Antes de ofrecer el producto realizan un cambio estructural del lugar para acomodar los daños que tenga el inmueble.

En el país europeo existen compañías como Muserma que ofrecen servicios de reparaciones y reformas. Otra muestra de que el sector continúa creciendo.

  .

.

.

Esto indica que el inversor seguirá apostando por el sector inmobiliario mientras haya demanda.

Por eso, si no sabes cómo hacer para vender tu casa en Madrid o cualquier otra ciudad de España, es necesario que busques ayuda de una agencia inmobiliaria

Estas opciones representan un buen panorama laboral, con subidas salariales y mayor demanda de profesionales en el área.

Cabe destacar que algunos españoles están comprando viviendas para alquilar.

En referencia eso, otro sector que está ganando terreno en el mercado es el alquiler de autocaravanas.

Son uno de los métodos para vacacionar más utilizados en Málaga. Tienen capacidad entre 2 a 6 personas. Te ofrecen comodidad al viajar con tu familia.

Este crecimiento del sector inmobiliario se debe a ciertas tendencias que se han implementado para generar mayor demanda. Ahora te presentamos cinco de ellas que se han aplicado en los últimos años.

.

Conoce las 5 tendencias del sector inmobiliario en los últimos años

.

En los últimos años el mercado inmobiliario ha crecido. El sector de bienes y raíces se encuentra cambiando permanentemente en las mayores ciudades del mundo.

Sus  mejoras de financiamiento y ofertas de las promotoras lo ha hecho un mercado competitivo.

Por esa razón, se deben aprovechar los nuevos medios de comercialización de inmuebles. En este mercado el marketing juega un papel muy importante para vender los inmuebles.

Posicionar una marca, en especial online, es sinónimo de constantes ventas. Hoy con la tecnología, colocar anuncios en internet es tener presencia en el mercado.

Está opción te da una gran ventaja con aquellos que no tienen presencia en Google.

Por lo tanto, el nivel de exigencia de quien trabaja en el área debe ser dinámico, con cierta movilidad y flexible a los cambios internos.

.

Conoce las 5 tendencias del sector inmobiliario en los últimos años

.

.

Tendencias de sector inmobiliario

1.- En el área, las marcas que estén onlínea serán las que más vendan. En la actualidad, los compradores suelen buscar por internet un portafolio de sus opciones.

Algunas empresas, incluso están implementándola tecnología de realidad virtual, así los clientes visitan los inmuebles a distancia.

2.- Aplicar el SEO y tener presencia en las redes sociales como estrategia para vender es importante. Trata de crear textos con la palabra clave para entrar en los primero resultados del buscador en internet. 

El posicionamiento web de tu empresa es algo que puedes aprender rápido y gratis. La idea de esto es que tu empresa se encuentre fácil en el buscador.

3.- Algo que se ha escuchado mucho son los “sistemas inteligentes”. Permite a los residentes administrar los servicios de la propiedad. 

4.- Para poder vender no hay nada mejor que un especialista en bienes raíces. El agente debe tener conocimiento para prestar al cliente asesoría tributaria, financiera, entre otros.

5.- Las compañías inmobiliarias tendrán que invertir en investigaciones que los ayude a conocer el modo de consumo e intereses del nuevo grupo de personas que está por entrar a la compra de hogares.

.

.

.

Estas son cinco tendencias que están aplicando en el sector inmobiliario. Con estas medidas los inversores se muestran más positivos que en otros años.

Los agentes han tenido más disponibilidad de capital para vender.

Esta técnica ha llegado a diversos países del mundo, como Brasil que ha comenzado a dar iniciativas en este mercado.

Por eso aquí le explicaremos porqué debe invertir en el sector inmobiliario de Brasil.

.

Por que investir em setor imobiliário no Brasil?

.

No Brasil ainda existe uma visão conservadora do setor imobiliário. No entanto, vimos recentemente a Zap Inmuebles e a VivaReal, duas grandes empresas no mercado, competindo.

Na nação sul-americana, o mercado assume uma forma diferente das outras. Um brasileiro compra uma média de 1,5 propriedades em sua vida.

Seu alto investimento, muito planejamento e estabilidade financeira não permitem a constante mudança de residência.

Os altos custos do setor, a falta de parametrização de dados e a falta de estruturação tecnológica representam um desafio de mercado.

Tudo isso torna seu impulso ainda mais desafiador. Está lá quando os agentes imobiliários começam a agir para se posicionar diante de um mercado complicado.

.

Por que investir em setor imobiliário no Brasil?

.

.

Mercado imobiliário ascende

Nos últimos anos, o setor imobiliário teve várias mudanças. Após a crise imobiliária de 2008 nos Estados Unidos, o governo brasileiro facilitou o acesso ao crédito para a aquisição de moradias.

Com essa medida, acelerou e aumentou o valor das vendas, além do aluguel de casas e apartamentos.

No entanto, para 2013, a economia mostrou sinais de queda, o que impacta o mercado imobiliário.

A inflação alta e o desemprego fizeram com que as pessoas não usassem o dinheiro na compra de imóveis.

Essa situação levou a um aumento no número de imóveis que fizeram a oferta maior que a demanda, o que causou uma queda nos preços.

Além disso, as empresas passaram a dar descontos para impulsionar as vendas.

.

.

.
Invista em uma propriedade no Brasil?

Uma das principais razões para investir no mercado imobiliário no país é a queda da inflação. Isso será refletido no custo de venda e aluguel de imóveis.

Alguns especialistas em economia dizem que a inflação desacelerada é ideal para um mercado mais competitivo.

A crise financeira e as taxas de inadimplência no fechamento dos bancos. Esta situação dificultou o pedido de crédito.

No final do ano, os clientes recuperarão a confiança na economia do país, retomarão a aquisição de bens de consumo duráveis.

É importante que antes que o cliente adquira uma casa, certifique-se de que todas as contas são pagas.

Para isso, existem Recargapay, uma ferramenta de pagamento de celular que permite que você faça isso online imediatamente.

Então, se ele esqueceu, com alguns passos ele já terá feito isso. A ideia é que quando o cliente recebe sua nova casa em Campinas ele não tem contas a pagar.

Quando você verificar seu débito como Sanasa 2 via será atualizado.

E falando nisso, aqui mostramos a importância das aplicações móveis no setor imobiliário.

Aproveitando que eles tomaram boom no dia a dia das pessoas

.

Papel das aplicações móveis no setor imobiliário

.

Com o crescimento da tecnologia, as aplicações móveis tornaram-se a melhor ferramenta para os seres humanos.

Todos os dias surgem novos que se juntam à diversidade que existe para que busquem o ideal de acordo com a sua necessidade.

O setor imobiliário está presente nas lojas de dispositivos móveis. Existem aplicativos imobiliários que ajudarão você a comprar ou alugar um local.

.

Papel das aplicações móveis no setor imobiliário

.

.

Estas ferramentas irão ajudá-lo a obter a sua propriedade, decoração e detalhes ideais através do seu tablet ou smartphone.

Ou se você trabalha no setor imobiliário, você pode acompanhar o novo mercado com o trabalho que você sempre faz.

Além disso, com eles você pode aprender as melhores dicas e estar ciente de todas as novidades do setor imobiliário. Isso ajudará você a melhorar seus negócios online.

Você só precisa recarregar seu crédito online do seu celular Oi ou qualquer operador com Recargapay e terá comunicações garantidas com seus clientes. Também irá garantir informações sobre o mercado.

.

Por que usar o app imobiliário?

Sabemos que nem todos os clientes interessados ​​em comprar ou alugar uma casa têm tempo para fazer um tour. Sentado na frente de um computador para visitar sites até encontrar o que você está procurando não é uma opção.

Os aplicativos permitem que você insira diferentes propriedades e entre em contato com o vendedor. Você pode obter informações ainda mais detalhadas e personalizadas em um curto espaço de tempo.

.

.

.

Sua empresa imobiliária sempre estará um passo à frente se você decidir usar aplicativos móveis para divulgar seu produto.

Por isso, além disso, mostramos a principal ferramenta de pagamento e recarga de todo o Brasil, o Recargapay.

Esta aplicação permite ao cliente pagar a partir de serviços domésticos, como eletricidade, gás, água, telefone e internet.

Então, quando você compra sua casa, você não terá que se preocupar em pagar por seus serviços.

Além disso, ajudará você a obter bons benefícios sempre que usar a ferramenta. 

Colocar sua própria ferramenta na ponta dos dedos ganha destaque no mercado imobiliário.

Esta opção está sendo usada por países onde o setor imobiliário está em ascensão. Abaixo nós apresentaremos o que eles são.

.

Os melhores mercados imobiliários do mundo

.

Alguma vez você já se perguntou qual é o melhor lugar para investir em uma propriedade? Quando você vai comprar uma casa, fatores como negócios, educação, estilo de vida e indústria inflienciam.

Mas as empresas imobiliárias também precisam conhecer os lugares potenciais onde podem investir.
Aqueles que têm uma série de características que o tornam um país poderoso, como no caso da economia.
.
Os melhores mercados imobiliários do mundo
.
.
É por isso que aqui apresentamos os 5 países com o melhor mercado imobiliário do mundo:
.

1.- Estados Unidos

O mercado dos EUA começou a tomar forma após três anos de recuperação e crescimento em sua economia. Os preços foram 30% superiores ao registrado.
O relatório destaca a cidade de São Francisco porque tem um crescimento impressionante.
No entanto, 2018 não foi o melhor ano para este setor no país. Não só eles têm um estoque de segunda mão reduzido, mas há uma falta de novas construções.  
Apesar da situação, continua a ser o país mais atraente para os investidores imobiliários.
.

2.- Emirados Árabes Unidos

Sua riqueza e demografia o tornam um bom lugar para o retorno do setor imobiliário no Oriente Médio. Seu principal centro de investimentos é Dubai e espera-se que seja por muitos anos.

.

3.- Reino Unido

Apesar do Brexit, os britânicos continuam a liderar o setor imobiliário acima de países como França, Alemanha e Bélgica.

Desde que em junho de 2016, mais de 17,4 milhões de britânicos votaram pela sua saída da União Europeia, o preço da habitação diminuiu.

No entanto, no banco catalão acreditam que, se chegarem a um acordo nas negociações sobre o Brexit, o resfriamento será moderado.

.

4.- China

Apesar das preocupações internacionais sobre o setor imobiliário chinês, seu mercado mostrou-se resiliente.

A crescente taxa de urbanismo e liquidez abundante são alguns fatores que continuam a apoiar o setor imobiliário.

Desde 2000, a população urbana cresceu de 36% para 58%. Sua demanda varia de acordo com regiões e cidades.

.

5.- Espanha

O mercado imobiliário na Espanha foi reativado pouco a pouco. No segundo trimestre de 2018, a venda aumentou 12,4% em relação ao ano anterior.

Aparentemente, a tendência continuará e isso se deve, em parte, à habitação de segunda mão.

Nos primeiros três meses do ano passado, foram 22.659 aquisições de novas casas e 111.537 de segunda mão.
A boa economia nacional, juntamente com um custo de financiamento reduzido, mostra crescimento no setor.
Portanto, vender uma casa em uma cidade como Málaga consiste em colocar o preço certo para a casa. Isso deve sempre ser apresentável e parecer bom para o cliente.
.
.
.
Estas são as nações que atualmente possuem o melhor mercado imobiliário do mundo. Alguns apresentam algumas quedas, no entanto, não é uma razão para eles estarem fora da lista.
.
Palavras: 2.060
.
Codigo: NLYNM-03-ENE-2019
Vendo casa